Programe-se‎ > ‎

A periferia ocupa o centro

postado em 29 de nov de 2018 16:30 por ANA PAULA LOPES VIEIRA PAIVA   [ 30 de nov de 2018 17:21 atualizado‎(s)‎ ]

Teatro da Vertigem faz na Casa n.º 1 - diálogos periferia-centro

Dia 7 de junho começou na Casa n.º 1 o projeto Diálogos Periferia-Centro, organizado pelo Teatro da Vertigem como parte integrante de seu Projeto de Residência Artística, numa iniciativa inédita de parceria entre o Patrimônio Histórico, a Secretaria Municipal de Cultura e um grupo de teatro.

Os grupos do Teatro Vocacional reunidos nessa programação do projeto Diálogos Periferia-Centro estão juntos há quase dois anos, num trabalho contínuo de encontros, ensaios e apresentações em bairros como Itaim Paulista, Vila Mariana, Penha e Lapa. A escolha destes grupos se deu por dois motivos: a qualidade artística que adquiriram ao longo deste período e o fato de seus orientadores pertencerem a grupos de teatro atuantes no panorama cultural da cidade, como Companhia do Latão, São Jorge de Variedades, ECA/USP, Agora. A curadoria e acompanhamento do projeto são de Maria Ceccato e Miriam Rinaldi.

A cada encontro haverá uma apresentação de aproximadamente uma hora dos grupos vocacionais, e a seguir, um bate-papo entre o grupo em formação, seu artista-orientador e o público, sobre a produção teatral em grupo.

O que é o Teatro Vocacional?

O Teatro Vocacional é um projeto da Secretaria Municipal da Cultura, existe há quase dois anos e atinge 31 pontos da cidade. Seus principais objetivos são: fomentar a formação de grupos e qualificar a atividade teatral não-profissional (vocacional) das comunidades de São Paulo.

O Vocacional acontece em Casas de Cultura, Bibliotecas e Escolas e suas atividades são coordenadas por uma equipe formada de 31 artistas em atividade, em sua maioria atores.

Cada grupo tem seu artista-orientador e sua ação dentro dos grupos em formação não está desvinculada da sua produção artística. A função do artista-orientador se estende também para outras áreas, assumindo o papel de diretor, de dramaturgo, de produtor, de programador cultural (colaborando com as atividades dos equipamentos onde atua).

O objetivo final do projeto é promover a autonomia destes grupos fazendo com que estes gerem ainda outros, num processo multiplicador.

Diálogos Periferia-Centro

Junho e Julho

Sábados à tarde

Horário: 14h

Entrada Franca

Programação:

Dia 14 de junho - Grupo Bolinho de Arroz - Lapa - coord. Mariana Leite

Dia 21 de junho - Grupo Reticências - Penha - coord. Paulo Barcelos

Dia 28 de junho - Grupo Escrachos da Vila - Vila Mariana - coord. Renata Deuse

Dia 14/06: Bertold Brecht - Improvisações

Ao adolescente e ao adulto interessa o espaço da invenção, da curiosidade e de experiências diversificadas, ainda que a sociedade não lhes ofereça os meios. O jogo teatral é a oportunidade não só de reflexão sobre a realidade, mas de atuação sobre ela.

Dia 21/06: Desejos & Delírios.

A peça é um grande mosaico de cenas a partir de material trazido pelos artistas vocacionais (poemas, material de jornal, cenas presentes, etc).

A condução artística prima pelo trabalho de grupo, possibilitando um espaço aberto para a experimentação.

Dia 28/O6: Romeu e Julieta

Local: Casa n.º 1 (Rua Roberto Simonsen, 136 B, Centro, São Paulo)

Fone: (11) 3241. 3132

Comments